Epca encerra sua primeira edição com exibição de pôsteres de alunos de graduação

O terceiro e último dia do evento contou com uma programação dinâmica, tendo sua manhã destinada ao II Painel de grupos de pesquisas. Para apresentar e debater a realidade da pesquisa na Amazônia foram convidados os professores Leandro Lage (UNAMA), Danila Cal (UFPA), Manuela Corral (UFPA) e Elaide Martins (UFPA). O mediador Sérgio Ferreira Júnior agradeceu aos participantes e ressaltou que “o EPCA nasceu da necessidade de estabelecer diálogo e contatos acadêmicos entre os programas de pós-graduação já consolidados”.

O painel contou com os professores apresentando os trabalhos de seus grupos de pesquisa e dinâmicas, ao fazerem a rodada de perguntas da plateia, o professor Leandro Lage ressaltou os desafios enfrentados para que uma integração entre os pesquisadores se concretize, como a burocracia, por exemplo. No entanto, ele reforçou os benefícios dessa integração, a criação de laços afetivos e de um ambiente mais harmonioso para a pesquisa.

Durante a tarde houve a mostra de pôsteres, feitos pelos alunos com seus temas e objetos de estudo. Avaliados por professores, mestrandos, doutores e alunos da pós-graduação o painel de amostra foi um momento de aprendizado e aproximação entre os alunos da graduação e da pós-graduação onde puderam trocar experiências, “A proposta do painel em si e da apresentação dos pôsteres é integrar ao máximo possível a graduação com a pós-graduação e contribuir com ambas as partes, pois muitas vezes coisas que os meninos estão vendo na graduação, são coisas dos nossos objetos que a gente mesmo não percebeu”, comentou Jessé Santa Brígida, integrante da comissão científica do evento. Ao todo foram apresentados 21 e pôsteres dispostos nos corredores da Facom e ao final das apresentações a programação se deslocou para o auditório do Naea.

Já no auditório, a programação seguiu com a mesa de encerramento “Amazônia como lugar de diálogos sociais” composta por Violeta Loureiro, Otacílio Amaral Filho e Vânia Torres como mediadora. Em seguida os houve a premiação dos melhores pôsteres de cada Grupo de Trabalho. Matheus Nery, que foi premiado duas vezes, comenta, “É uma

experiência muito rica porque a gente consegue obter networking e receber os feedbacks dos trabalhos. É riquíssimo para nosso aprendizado” elogiou o aluno de jornalismo da UFPA. Livros também foram sorteados entre os ouvintes e organizadores do evento.

Por Rebeca Costa da Rocha, Erlane Santos e Carolina Neves

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×